Criar laços.

- Criar laços?


- Exatamente - disse a raposa. - Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu também não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo...

- Começo a compreender - disse o pequeno príncipe. (...)

- Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. (...) Os campos de trigo não me lembram coisa algumas. E isso é triste! Mas tu tens cabelos dourados. Então será maravilhoso quando me tiveres cativado. O trigo, que é dourado, fará com que eu me lembre de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo...

A raposa calou-se e observou por muito tempo o príncipe.

- Por favor... cativa-me! - disse ela.







Antoine de Saint-Exupéry - O Pequeno Príncipe.

6 comentários:



Books Journal disse...

Esse é um dos livros mais inteligentes que eu já li, cara. AMO AMO AMO <3

Kaká Xxx

Adriana T disse...

Eu amooo esse trecho, é simplesmente maravilhoso, me arrepio toda.

daneee bernardes disse...

Amooo O Pequeno Príncipe!!! ♥

Entre Fatos & Livros disse...

Pequeno Príncipe é sempre maravilhoso! Mto sábio! Eu adoro!

Bj
Pri
Entre Fatos e Livros

Tatha disse...

Olá, você me indicou seu blog no Skoob e vim dar uma olhada!
Adorei aqui!
O Pequeno Príncipe é simplesmente o livro mais lindo que eu já vi. São citações lindas e que te marcam. Quando tiver tempo, vou reler.
Um beiiijo!

TeamB disse...

Que lindo! Adorei o trecho, a ideia, tudo tudo. Já ouvi muito sobre O pequeno Príncipe, mas nunca tive oportunidade de lê-lo, parece muito legal.
Julia - booksworld.co.cc

Postar um comentário