Eu pago!


“Se você ama ler e ama ter seus livros por perto, pergunto:

não fica morrendo de ciúmes quando um amigo pede emprestado um exemplar que você adora, que está todo sublinhado, que virou uma espécie de bíblia íntima?

Negar o empréstimo é complicado.

Então você diz sim, seu amigo leva o livro e a graça de viver acaba.


Puxa, um livro não sabe se cuidar sozinho.

Vai ficar lá, jogado numa casa estranha, será folheado com desprezo.

Seu amigo poderá deixar pingar café nas páginas.

E ele vai espiar tudo que você sublinhou e tirar conclusões precipitadas.

O livro será devolvido?

Mistério.

Você costuma ler um livro em uma semana no máximo, e ele levará certamente um semestre.

Um semestre!

É uma eternidade longe do seu amor.

Seu livro não pode telefonar pra você, não pode pedir pra voltar, ficará criando pó em estantes desconhecidas, esquecido, humilhado.

Eu só empresto livros para quem tenho certeza de que os ama tanto quando eu, e quando sei que serão lidos num prazo razoável.

Se não há intenção de me devolver logo, que estabeleçam um resgate:

eu pago.”


Martha Medeiros – Montanha-Russa.



7 comentários:



Little Júlia disse...

Pura verdade *-* A Martha é super diva.

Lika disse...

UIAHUIAHIUAHIUHAUIAHUA..
Verdade pura!!

Mas eu os empresto sim.. sempre tem aquela galera confiável.. se alguma vez o livro voltou com um risquinho que seja.. já era.. aquela pessoa nunca mais verá um livro meu e ainda vai ouvir AQUELA bronca..
iuehuiehiuehiuehieh

Adorei o blog..
Beijinhos!

Adriana T disse...

Emprestei meu livro Persuasão da Jane Austen pra minha prima e nunca mais vi ele, agora aprendi uma lição, só empresto se for um livro que não gosto muito.

[DefinitivoSimples] disse...

Adorei.. como sempre os textos da Martha são incriveis..

Depois passa no blog está tendo promoção dos 150 Seguifdores
http://definitivosimples.blogspot.com/2011/09/sorteio-150-seguidores-no-limite-da.html

Beijos,
[DefinitivoSimples]

dane bernardes disse...

Que trecho óótimo! Hahahahaha
Sempre fico pensando em qual local meu livro está, se a pessoa está cuidando bem dele, etc.

Nadia disse...

A demora na devolução sempre me incomoda, e quando recebo o livro de volta, dou aquela discreta olhada, tipo, para avaliar os danos!
Adorei o trecho acima, não poderia ter sid melhor colocado.
Bjs

Marina Menezes disse...

Tenho poucos amigos que gostam de ler. E ainda moram longe, o que fica dificil de devolver o livro. Nem gosto de emprestar. hahaha tenho ciúmes

Postar um comentário