As primeiras imagens

"Certa ocasião ouvi um cliente habitual da livraria de meu pai comentar que poucas coisas marcam tanto um leitor, como o primeiro livro que realmente abre caminho ao seu coração. As primeiras imagens, o eco dessas palavras, que pensamos ter deixado para trás nos acompanham por toda a vida e esculpem um palácio na nossa memória, ao qual mais tarde ou mais cedo – não importa os livros que leiamos, os mundos que descubramos, o quanto aprendamos ou esqueçamos - iremos retornar."

Carlos Ruiz Zafón - A Sombra do Vento

4 comentários:



Caa Oliveira disse...

Adorei o post, muito bonito! Seguindo o blog, pode fazer o mesmo?

Adriana T disse...

Gostei desse trecho, quero muito ler esse livro parece muito bom.

Magali disse...

Oie,adorei o seu blog,muito sensível e poético. Também estou passando para divulgar a Kyrial, a revista de Literatura da Faculdade de Letras da PUC-Campinas. Se você escreve ou conhece alguém que escreva textos literários como contos, poemas, crônicas e ensaios, envie o texto para :
"revistakyrial@gmail.com" ATÉ O DIA 31 DE MAIO, aceitamos textos em português, inglês e espanhol. Se o seu texto for selecionado, passará por uma revisão e será publicado na revista que será lançada na Semana de Letras da PUCC, em setembro. Qualquer dúvida é só enviar uma mensagem para o e-mail informado acima.

Marina Menezes disse...

Esse livro ja tá na minha lista de leituras. Záfon escreve bem demais. Bjs Dane

Postar um comentário