Uma estrela cadente.

Finalmente me levantei, desejando ter dito a ela o quanto nosso dia tinha significado para mim. Fora da minha janela, vi uma estrela cadente cruzar o céu em um raio brilhante.

Quis acreditar que era um presságio, mas hesitei. Em vez disso, só podia reprisar pela centésima vez o beijo de Savannah no meu rosto e tentar entender como podia estar me apaixonando pela garota que conhecera um dia antes.”


Nicholas Sparks – Querido John.

2 comentários:



Anna Furtado disse...

Ah, tão lindo!


http://myevery-thing.blogspot.com

Anônimo disse...

gente acho que vimos uma estrela cadente

Postar um comentário